10 de setembro de 2009

Desvendando o casamento - Parte I


Começo fazendo uma pergunta e gostaria que você respondesse antes de continuar a ler. Quando precisamos fixar um prego na madeira, o que utilizamos para bater sobre o prego?
..........

É obvio e acertou quem respondeu o "martelo".

Quando utilizamos a ferramenta correta para desempenharmos um trabalho, tudo fica muito mais fácil.Assim também funciona em nossas vidas, principalmente, nos relacionamentos.
Deus nos dá ferramentas para que possamos "trabalhar" melhor os relacionamentos; cabe a nós utilizarmos a ferramenta certa no momento certo.
No namoro é tudo maravilhoso! O casal é lindo, perfumado, estão sempre arrumadinhos, nunca estão de mal-humor, trocam juras de amor o tempo todo (até um guardanapo de papel torna-se ideal para escrever "te amo"...rsrs) e dizem que serão felizes para sempre! Amém!
Aí vem o casamento...
No começo é tudo perfeito. Ela não sabe cozinhar, mas ele jura que adora miojo. Ele deixa a roupa jogada no chão e ela "sabe" que isso faz parte da adaptação. Afinal de contas, fizeram planos para que tudo fosse perfeito!
Um belo dia ela acorda, olha em volta e grita dizendo que não aguenta mais aquela bagunça!!! Ele, irado, diz a ela que odeia miojo e que sente falta da comida da mãe!
Pronto! Começaram os problemas! Socorro! Onde está o "martelo" desse relacionamento?
É muito comum passarmos por momentos de crise no casamento. Mas, é preciso buscar a sabedoria de Deus para colocarmos as engrenagens em ordem novamente.
O marido e a esposa são duas pessoas completamente diferentes. Cada um foi educacado a uma maneira, cada um tem sua personalidade e seus costumes.
O que precisamos entender é que quando nos casamos, realmente, nos tornamos uma só carne.
Já li muita coisa sobre relacionamentos conjugais, mas meu casamento só começou a mudar quando coloquei em prática tudo que sabia na teoria. Não é fácil, mas não é impossível! É um exercício diário, como tomar café da manhã, almoçar e jantar todos os dias.
Três livros foram fundamentais para a mudança em meu casamento:

- Bíblia
- "Como mudar o que mais irrita no casamento" - Garry Chapman
- "As 5 linguagens do amor" - Gary Chapman

O primeiro passo é reconhecer nossos erros, pedir perdão e perdoar.
Ore pedindo a Deus que mostre a você seus erros e onde precisa mudar. Depois, faça uma lista por escrito do que lhe vier à memória.
Em seguida, inicie um processo de conscientização e aceitação. Neste momento, ore a Deus pedindo mansidão e paciência. Isso ajuda muito nos momentos de aceitação.
Converse com seu cônjuge sobre o que você acha que ele poderia melhorar. Aproveite também para ouvir dele o que ele espera que você melhore.
Peça a ele apenas uma mudança por semana. Não o sobrecarregue! Se for algo muito difícil, espere 15 dias para fazer um novo pedido.
Tenha muita calma, pois as mudanças devem ocorrer de maneira tranquila e no tempo de Deus.

Que Deus abençôe e renove todos os dias o amor no seu casamento!

Na próxima reflexão falaremos sobre as 5 linguagens do amor, aguardem!!!
Beijos!

8 comentários:

  1. Fer querida td jóia por ai e as crianças???Aqui td ótimo graças a Deus...acbei de passar em seu blog amei continue escrevendo que muita coisa do que já li vou por em prática rsrsrs inclusive vou procurar os livros.
    Fiquem com Deus ai...bjosssssss com saudades!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Amadas...
    A reflexão retratada hoje é uma grande necessidade em muito relacionamentos. O casamento não é um objeto a ser aceito ou uma idéia a ser admirada, é uma instituição social prática designada por Deus para satisfazer certas necessidades humanas criadas. É uma provisão de Deus, dada para abençoar. Os casamentos estão fracassando porque os indivíduos que estão neles estão fracassando em ser como Cristo em atitude, e que quando essas atitudes são mudadas, há muita razão para acreditar que podemos construir uma relação segura, amorosa, e maravilhosamente compensadora em nossos casamentos.O casamento dará certo maravilhosamente quando decidirmos ser o tipo de pessoa que Deus quer que sejamos.

    um abraço a todas que passarem por aqui!!!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelo carinho, queridas.
    O casamento é algo maravilhoso, mas tem que ser cuidado como uma plantinha: todos os dias um pouquinho.
    Que Deus abençôe vocês.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Fer...Vc tem toda razão, o casamento realmente é assim! É um como um jardim, sempre tem que ser regado e cuidado!!! LIndo demais tudo que você escreveu! Estou amando o seu blog, tenho certeza que será um meio de várias pessoas compartilharem e refletirem sobre muitos assuntos com os quais convivemos todos os dias, mas nunca paramos para discuti-los!!! Te amo amiga!

    ResponderExcluir
  5. " _ Com o mundo inteiro, Mack. Estou dizendo que ........................ Não é da natureza do amor forçar um relacionamento, mas é da natureza do amor abrir o caminho." (A Cabana)

    Então meninas.... o que é necessário é simplesmente essencial para que tudo aconteça, temos as ferramentas que a Fer disse, e porque não usá-las para sempre abrirmos o "caminho"?
    Reguem as tuas plantas, amem as tuas rosas..... Seeeeeempre!

    Fer, as vitórias acontecem em nossas vidas e precisamos testemunhá-las para edificarmos a fé do outro.Parabéns pela sua atitude neste texto quando você fala da mudança que ocorreu no seu casamento.

    Sugiro um outro livro caso alguém tenha interesse:
    "O Poder da Esposa que Ora" - Omartian, Stormie.

    Um super chêro!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, querida!
    É maravilhoso poder compartilhar as bênçãos de minha vida com vocês e mostrar o quanto Deus é grande, poderoso e nos capacita quando nos colocamos sob a Sua guarda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Valéria Yañez (Mulher Única)11 de setembro de 2009 18:04

    Fernanda, adorei seu blog!!!
    Que Deus te abençoe e continue te usando para nos ajudar com suas palavras! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada, minha amiga mulher única!
    Esteja sempre por aqui, viu?
    Deus te abençôe, querida.
    Beijos

    ResponderExcluir